Select Menu

Slider

Travel

Performance

Cute

My Place

Slider

Racing

Videos

» » » » » » » » WilliamsF1, corrida 40 - GP da Argentina de 1980
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

GP da Argentina
Circuito: Oscar Galvéz
Data: 13/1/1980
Voltas: 53
Piloto: Alan Jones e Carlos Reutemann
Modelo: FW07
Largada: Jones 1º (1:44:17) Reutemann 5º (1:46:19)
Chegada: Jones 1º, 1h43m24.38s e Regazzoni abandonaram

Vitória número 6

1980 Foi um ano diferente para Frank Williams. Pela primeira vez na Fórmula 1, ele começaria a temporada com status de favorito. O FW07 era um ótimo carro e  a versão B dele estrearia. A empresa britânica Leyland se junta aos patrocinadores árabes e a equipe tem muito dinheiro pra desenvolver o carro. Alan Jones acredita que será campeão mundial. E Agora tem Carlos Reutemann como seu companheiro de equipe, que aceitou um papel de segundo piloto nessa temporada, aós fracassar na Lotus na temporada passada. Jones desde já não gostou da vinda do argentino e afirmou que "Preferia que o Regazzoni estivesse comigo..."

Na sexta feira a versão B do FW07 apresenta problemas e Jones prefere correr com a versão antiga, a mesma que Reutemann usaria. A Estreia do FW07B ficaria para o GP do Brasil. No sábado, Jones consegue a pole, enquanto Reutemann consegue o quinto lugar. A corrida seria em um calor escaldante, que afeta até o asfalto da pista. A corrida ameaçou ser cancelada, mas no fim ela aconteceu. Jones manteve a lidernaça na largada enquanto Reutemann pulou para quarto, posição onde ele ficou até décima primeira volta, quando ele apresentou problemas, abandonando na volta seguinte com problemas no motor.

Jones é o líder da prova até a décima sétima volta, quando um saco de papel entra  no seu radiador e começa a esquentar perigosamente o seu carro. Jones consegue chegar aos boxes sem superaquecer o seu carro e os mecânicos tentam tirar o maldito saco. A Williams age rápido, tira o saco e Jones volta para a pista na quarta colocação. Na volta 24, um bom duelo com Gilles Villeneuve e Jones pula para a terceira posição. Na volta 26 Jones ultrapassa Piquet e é o segundo; e na volta 30 Jones passa o Laffite e é o líder da prova novamente, onde permaneceu até o fim da prova,mesmo sofrendo com o superaquecimento do motor no fim, conquistando mais uma vitória para a Williams, a última do FW07.



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comente!